inovar_alunos - Cópia

______________________

Comissão Paritária

Despacho

Membros Mesa de Voto

Ata Comissão Paritária

______________________

cc388ce8c568a97f39423522d46d1273

MATRÍCULAS 2018 (INFORMAÇÕES E IMPRESSOS)

Alterado no dia 24/04/2018 (alterações importantes, clique para aceder)

AVISO – MARCAÇÃO DE FÉRIAS 2018
 

DIA DA EUROPA – 9 DE MAIO

No dia 9 de maio, os alunos clube da Europa, em articulação com o grupo de Geografia, promoveram e organizaram a comemoração do dia da Europa, com o hastear das bandeiras de Portugal e da União Europeia, ao som do Hino da Europa – 9ª sinfonia de Bethoveen, tocado pelos alunos em flauta, violino e guitarra. Na EB Amadeo de Souza-Cardoso aprenderam a tocar na hora do clube. Realizaram uma exposição alusiva ao Ano Europeu do Património Cultural. Também dinamizaram a realização de um europaper para consolidar os conhecimentos sobre a Europa e seus belos monumentos. Na EB Vila Caiz, desenvolveram o projeto da plataforma, conectando mundos, com o tema "Senbazuru: construindo a paz” com a "plantação" do jardim da paz e a oferta em origami, do tsuru, para desejar saúde e prosperidade, levando os alunos a refletir sobre como resolver os conflitos que surgem na escola e a violência que existe entre países. Pois acreditamos, como diz Eduardo Galeano “Muita gente pequena, em lugares pequenos, fazendo coisas pequenas, podem mudar o mundo”. Clube da Europa e grupo de Geografia 

__________________________________

GOLFE – DRIVE SCHOOL MUNICIPAL

EB de Troxaínho sagra-se a melhor escola municipal !!!

 Os alunos do 2.º e 3.º ano das 11 escolas do Agrupamento participaram na fase municipal do Campeonato Drive School, no dia 6 de maio, no Campo de Golfe de Amarante. Este circuito de golfe da responsabilidade da Federação Portuguesa de Golfe passa por quatro etapas: Escolar, Municipal, Regional e Nacional. Os alunos começaram por ter uma competição na sua própria escola, durante as aulas de AFD, ainda com tacos de plástico. Foram depois selecionados os melhores para a fase municipal onde tiveram de realizar uma competição de nove buracos no putting green. A fase Regional irá decorrer no dia 26 de maio, no Campo de golfe do Aqueduto, em Paredes e os alunos apurados são:

Classificação 3.º ano raparigas 3.º ano rapazes 4.º ano raparigas 4.º ano rapazes
1 Ana Beatriz Maia (EB do Troxaínho) Lisandro Marinheiro (EB da Torreira) Sofia Teixeira (EB do Troxainho Samuel Carvalho (EB do Troxaínho)
2 Clara Teixeira da Costa (EB do Traxaínho) José Luís Pereria (EB Luís Van Zeller) Margarida Macedo (EB Igreja – Roço) João Araújo (EB do Troxaínho)
3 Leonor Gonçalves (EB da Igreja – Vila Caiz) Vitor Hugo Alves (EB Amadeo Souza-Cardoso)              Rafael Silva (EB Freixo de Cima) José Pedro SIlva (EB do Troxaínho)
4 Letícia Teixeira (EB do Troxaínho) Igor Oliveira (EB Amadeo Souza-Cardoso) Beatriz Sousa (EB Santa Comba) Pedro Saraiva (EB Igreja – Vila Caiz)
5 Margarida Teixeira (EB Amadeo Souza-Cardoso)  Ruben Moreira (EB Freixo de Cima)     Tãnia Bernardo (EB Amadeo Souza-Cardoso)               Tomás Pereira (EB Amadeo Souza-Cardoso)            
5 Sofia Gonçalves (EB Amadeo Souza-Cardoso)      
5 Maria Teixeira da Costa (EB do Troxaínho)      
5 Maria Castro (EB da Torreira)      

As aulas de golfe proporcionadas aos alunos do Agrupamento de Escolas de Amadeo de Souza Cardoso resultam do protocolo de cooperação estabelecido em dezembro de 2014, entre a Câmara Municipal de Amarante a Federação Portuguesa de Golfe, a Sociedade do Golfe de Amarante, S.A., o Amarante Golf Clube e o Agrupamento de Escolas Amadeo de Souza-Cardoso, no âmbito do projeto “Golfe nas Escolas de Amarante”.  A Coordenadora do Desporto Escolar – Virgínia Oliveira  MAIS FOTOS

______________________      _________________________

abril – Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância

No âmbito do projeto educativo “abril – Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância”, promovido pela Câmara Municipal, pela Rede Social e pela CPCJ de Amarante, as professoras da Atividade de Enriquecimento Curricular de Inglês do Agrupamento de Escolas Amadeo de Souza-Cardoso desenvolveram, com os seus alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico, um conjunto diversificado de atividades. Dos trabalhos realizados, destacou-se a elaboração de uma adaptação da história “It’s Okay to Be Different” de Todd Parr (ver foto), que se encontra em exposição na sede do agrupamento.    De uma forma lúdica e apelativa, pretendeu-se, primeiramente, sensibilizar os alunos para a questão da diferença e da diversidade, para depois abordar os direitos e os deveres fundamentais das crianças, imprescindíveis para a construção de um mundo melhor.

____________________________________________

Estamos a dar os primeiros passos na Radio Escola com o programa “Um momento de Ciência”. Gostarias de ter um programa teu, com os assuntos que mais te agradam? Junta-te a nós e traz novas ideias!

__________________________________________

 

Clube da Ciência

Já pensaste na quantidade de açúcar que ingeres diariamente? Observa o placard exposto na cantina da escola e coloca mais informação ou a tua opinião sobre o assunto no espaço reservado para o efeito. PARTICIPA!

_____________________________________________

Canguru Matemático sem Fronteiras 2018 

No dia 19 de março, decorreu à semelhança de anos anteriores, no Agrupamento de Escolas Amadeo de Souza Cardoso o concurso Canguru Matemático, nas EB 2,3 Amadeo de Souza-Cardoso e  de Vila Caiz e as EB1 da Torreira e da Igreja. VER MAIS               FOTOS

 

___________________________

Jardim de Infância da Estrada – o 25 de abril interpretado pelas crianças

Ouvimos uma história do 25 de Abril, no computador da nossa biblioteca. As pessoas não podiam falar mal dos guardas nem do Presidente. Se falassem iam para a prisão. As pessoas não podiam ler livros. O Presidente queria que as pessoas ficassem burras, para não serem inteligentes e para não saberem nada. As pessoas não podiam beber coca cola. Depois os tropas ouviram uma música e acharam que era uma revolução e foram assustar o Presidente com as armas. Mas não dispararam tiros porque só queriam que ele desmaiasse em vez de morrer. E uma florista pôs dentro das armas cravos. E eles dispararam cravos. Um menino apanhou um cravo e as pessoas ficaram felizes. Depois veio outro Presidente substitui-lo. Amanhã é feriado porque é o dia 25 de Abril, o dia em que faz anos que aconteceu esta história. FOTOS

____________________________________

VI Edição das Olimpíadas da Língua Portuguesa

Considerando a necessidade de incentivar o bom uso da língua portuguesa pelos alunos do 3.º ciclo do ensino básico e pelos alunos do ensino secundário, o Agrupamento de Escolas (AE) Aurélia de Sousa, a Direção-Geral da Educação (DGE), o Plano Nacional de Leitura (PNL), a Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE), a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL) e a Escola Secundária de Camões (ES Camões) promovem em 2017/2018, pelo sexto ano consecutivo, as Olimpíadas da Língua Portuguesa. O Agrupamento Amadeo de Souza-Cardoso associou-se, este ano, pela primeira vez, a esta Competição Nacional destinada aos alunos do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário. Participaram nestas Olimpíadas da Língua Portuguesa, que decorreu a 24 de abril, cinquenta alunos do terceiro ciclo (número máximo permitido pelo regulamento das provas) da Escola Básica de Vila Caiz e da Escola Básica Amadeo de Souza – Cardoso. Estas Olimpíadas têm como objetivos gerais: Contribuir para o desenvolvimento de uma atitude crítica de toda a comunidade educativa, face ao uso do Português padrão; Aumentar o interesse dos alunos pelo conhecimento da norma-padrão do Português Europeu; Promover a educação linguística no ensino básico e no ensino secundário; Fomentar a conservação de um património cultural veiculado através da língua; Valorizar o espírito de rigor e de excelência.

_____________________________________________

É com muito orgulho que os professores de Francês se congratulam com a participação de quatro alunas do nosso Agrupamento, nomeadamente as alunas: Sabrina Pereira, do 8.ºD; Ana Beatriz Coelho, do 8.ºF; Maria Leonor Cardoso, do 9.º C e Evandra Almeida, do 9.ºD. As mesmas inscreveram-se, com a respetiva autorização dos Encarregados de Educação, na realização de um exame DELF, de nível A1 e A2, a realizar-se nos próximos dias três e quatro de maio, na Escola Básica 2,3 João de Meira, em Guimarães. Este exame é um diploma oficial do Ministério da Educação Francês reconhecido a nível internacional. O mesmo é proposto às escolas públicas e privadas, de acordo com um protocolo estabelecido entre a Embaixada de França e o Ministério da Educação Português. Estes diplomas baseiam-se no Quadro europeu Comum de Referência para as Línguas e permitem aos alunos certificarem as suas competências na língua francesa. O DELF Scolaire é a oportunidade para os jovens obterem um diploma reconhecido internacionalmente e válido para a vida! Estes diplomas valorizam não só a aprendizagem da língua francesa dos alunos, mas também todas as escolas e professores envolvidos. 

________________________________

Eliminatória concelhia do Concurso Nacional de Leitura

Na semana passada,  sexta-feira dia 13, na Biblioteca Municipal de Amarante, realizou-se a eliminatória concelhia do Concurso Nacional de Leitura. Foram apurados os alunos que representarão o concelho de Amarante na Fase Regional do Concurso Nacional de Leitura, uma iniciativa lançada pelo Plano Nacional de Leitura, pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas e pela Rede de Bibliotecas Escolares, em articulação com as autarquias e os agrupamentos de escolas. Participaram dois alunos de cada ciclo, do Agrupamento Amadeo Souza-Cardoso, do Agrupamento de Escolas de Amarante e da Escola Secundária de Amarante.Os alunos participantes nesta fase do concurso realizaram, durante a manhã, uma prova escrita sobre as obras que estavam a concurso e, de tarde, uma prova oral. O júri foi constituído pela Dra Isabel Ramos, Coordenadora Interconcelhia da RBE, pela Dra Maria José Queirós Lopes , responsável pela Bibblioteca Municipal, e pelo escritor António Mota. No final do dia, o júri apresentou os resultados desta eliminatória concelhia: – Vencedor do 1.º ciclo: Ana Beatriz Sampaio, E.B Igreja Vila Caiz, Agrupamento Amadeo Souza-Cardoso; – Vencedor do 2.º ciclo: Ana Francisca Magalhães Peixoto, E.B de Vila Caiz, Agrupamento Amadeo Souza-Cardoso; – 2.º lugar do 2º ciclo, Lara Filipa Carvalho Felgueiras,   E.B Amadeo Souza-Cardoso, Agrupamento Amadeo Souza-Cardoso; – 2.º lugar do 3.º ciclo, Guilherme Araújo Lourenço, E.B Amadeo Souza-Cardoso,  Agrupamento Amadeo Souza-Cardoso. Segue-se a Fase Regional do Concurso Nacional de Leitura na qual os alunos vencedores representarão o nosso Agrupamento. Parabéns aos alunos e aos seus professores!

__________________________________

Comemoração do dia Internacional da Floresta/Árvore – 21 de março de 2018 
No âmbito da comemoração do dia Internacional da Floresta/Árvore, realizou-se no dia 21 de março, no auditório da Escola Básica Amadeo de Souza-Cardoso, uma palestra sobre a prevenção de incêndios florestais e a importância da preservação das florestas. Foram dinamizadores da palestra o comandante dos Bombeiros Voluntários de Amarante, Rui Manuel Teixeira Ribeiro e a Engenheira Mafalda Cardoso, do Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal de Amarante. Assistiram à palestra os alunos de todas as turmas do 6.º ano e as turmas B, C e D do 8.º ano, bem como os respetivos professores acompanhantes. Estiveram também presentes, na segunda sessão da palestra, os Vereadores António Ribeiro e Lucinda Fonseca da Câmara Municipal de Amarante. Pretendeu-se sensibilizar, consciencializar e educar a comunidade escolar para a preservação da floresta, através do conhecimento da sua importância, assim como da promoção de comportamentos e de atitudes ajustadas para a conservação de todo o espaço florestal, bem como dos impactos ambientais que os incêndios florestais podem causar. No final da palestra, foram plantadas, com a colaboração de alguns alunos do curso CEF, algumas plantas fornecidas pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (DGPF/DAPFVRS/CENASEF) de Amarante. Plantaram-se: 13 Acer negundo (Bordo-negundo); 12 Mélia azedarach (Mélia); 2 Aesculus hipocastanum (castanheiro da Índia) e 2 Catalpa bignonioides (Catalha). Os nossos agradecimentos a todos os que participaram nesta atividade. Clube da Floresta/Eco-Escolas, PES e Grupo de Ciências FOTOS

_________________________________

“Dia Mundial da Floresta”

No âmbito da comemoração do “Dia Mundial da Floresta”, os alunos dos 5.º e 6.º anos da Escola Básica de Vila Caiz construíram uma árvore com cartão, revistas e jornais. A árvore foi decorada com folhas recortadas onde estavam escritos poemas e frases alusivas ao dia. O material utilizado na árvore será depositado no ecoponto.  Os alunos acharam interessante esta atividade porque sabem que as árvores são fundamentais para que haja vida no planeta. Foi elaborado também um poema pela professora Manuela Matos dedicado ao “Dia Mundial da Floresta e da Poesia”. 

________________________

Visita de Estudo ao Centro Ciência Viva, Nau Quinhentista e Alfândega Régia de Vila do Conde

No dia 23 de Março, os alunos do 8º ano do Agrupamento de Escolas Amadeo de Souza-Cardoso, deslocaram-se a Vila do Conde, acompanhados pelos seus diretores de turma e alguns professores. Durante a manhã no Centro Ciência Viva ficamos a saber mais sobre a composição, função do sangue e do coração no organismo dos seres vivos. Também fomos sensibilizados para a necessidade e importância de uma alimentação saudável, para vivermos com maior qualidade de vida, assim como para a importância de doar sangue. Durante a tarde, pudemos recuar cerca de 500 anos e entramos a bordo de uma Nau quinhentista, esta nau é uma réplica de uma nau portuguesa da Carreira da Índia, do início do século XVI com a qual se pretende ilustrar o ambiente vivido a bordo de uma nau daquela época bem como dar a conhecer o período quinhentista e em particular uma interessante parte da história de Vila do Conde. Ficamos a conhecer um pouco acerca das condições em que os marinheiros navegavam, desde quartos exíguos a dormir no convés sob o céu estrelado e debaixo de tempestades, sem privacidade e higiene, durante um período que poderia ir de nove a doze meses. Durante a visita é possível admirar o belíssimo trabalho em madeira de toda a embarcação, as cordas, os instrumentos de navegação e o material cartográfico, bem como a carga transportada. O valor pedagógico da Nau Quinhentista foi complementado com uma visita à antiga Alfândega Régia – Museu de Construção Naval, onde ficamos a saber os destinos das viagens navais efetuadas a partir de Vila do Conde no século XVI e, posteriormente, a mercadoria transportada, bem como conhecer o processo de construção naval e os diferentes tipos de barcos construídos em Vila do Conde, o seu funcionamento, os oficiais e os produtos desalfandegados. Consideramos que esta visita de estudo, pela sua vertente lúdica e pedagógica foi uma mais valia para todos aqueles que nela participaram. Maria José Pinto e Fernanda Freitas

_________________________________________

ECO-ESCOLAS: “GERAÇÃO DEPOSITRÃO 10”

RECOLHA DE RESÍDUOS – Equipamentos elétricos e eletrónicos, pilhas e acumuladores.

A nossa escola está inscrita no projeto Geração Depositrão 10. Fruto de uma parceria entre a ERP Portugal (Entidade Gestora de Resíduos) e o Programa Eco-Escolas (ABAE), o projeto Geração Depositrão visa (in)formar as crianças e jovens e através dos mesmos a população em geral, acerca da importância do adequado encaminhamento de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) e Resíduos de Pilhas e Acumuladores (RP&A). Um Depositrão é um contentor onde podem ser depositados pequenos equipamentos eléctricos e electrónicos que já não funcionam. Deste modo, evita-se o risco da deposição indevida de substâncias nocivas e a poluição que poderia resultar de um comportamento incorreto, ao mesmo tempo que se aproveita os materiais que provêm da reciclagem, não sendo necessário extraí-los da Natureza. Em suma, poupa-se os recursos naturais!  Apelamos à contribuição de toda a comunidade educativa para a recolha de equipamentos até final de junho. Podem colocar os REEE no Depositrão (construído pelos alunos) que está localizado no átrio da nossa escola. Além dos pequenos eletrodomésticos em fim de vida (secadores de cabelo, varinhas mágicas, batedeiras, torradeiras, fritadeiras, aspiradores, telefones/telemóveis, relógios, balanças de cozinha, computadores, impressoras, etc.) podem depositar outros de maiores dimensões (máquinas de lavar e secar roupa, fornos, fogões, frigoríficos, arcas congeladoras, aparelhos de ar condicionado,..). Também existem caixas para recolha de lâmpadas (pequenas e grandes) e outras para pilhas e baterias, colocadas em vários pontos da escola. Informamos que deverão retirar as pilhas/baterias dos respetivos equipamentos elétricos e eletrónicos, no sentido das mesmas serem colocadas nas caixas respetivas. Vamos reciclar, proteger o ambiente e ainda podemos ganhar prémios!… “Tenha PILHAS de consciência e carregue as baterias do PLANETA”. Dá carga máxima à tua Geração Depositrão! Agradeço que colaborem na divulgação desta campanha.
A Coordenadora do Programa Eco-Escolas, Margarida Pereira